Centro Nacional de Paraquedismo, Boituva - São Paulo
(11) 98111-2233

Superação nas Alturas

Bruna decidiu se superar apesar das adversidades que passou. No sábado dia 10/08 ela realizou um sonho e saltou de paraquedas, confira tudo sobre esse salto emocionante.

Saltando de paraquedas

Bruna ficou tetraplégica devido a um acidente de carro, então devido a lesão ter sido alta, e a falta de movimentos que a impedia de ficar sentada, acreditava ser impossível saltar. Com o apoio apenas da mãe foi atrás de se superar, e depois de saltar diz que se sente segura para fazer o que quiser, renovada e cheia de energia. Bruna emocionou todos que pararam para ouvir sua história.”Tive uma lição de vida ao ver as atitudes positivas e a alegria que ela transmitia a todo tempo. Percebi que naquele momento ela realizava o sonho de voar e eu me senti totalmente realizado em poder contribuir para que isso fosse possível para ela.” Contou o instrutor de salto duplo Levi.

 

 

Bruna entubada no hospital
História da Bruna

Bruna sofreu um acidente de carro há um ano e meio. Tinha acabado de se mudar para São Paulo, pois iria começar a fazer faculdade. Como ainda estava finalizando um curso em Guarulhos, dormiu lá para terminar e buscar o histórico escolar no dia seguinte. A noite resolveu sair com três amigos, e mesmo com diversos sinais que não era para ir – com pedidos da mãe e de sua família – resolveu que iria para uma festa. Na hora da volta, depois de uma parada, uma pessoa pediu para guiar o carro, mesmo não sabendo dirigir. Como estavam todos alcoolizados e cansados, acabaram autorizando e o carro colidiu com uma árvore

Superação e fé

Bruna teve traumatismo craniano, quebrou a cervical C5 e fraturou a cervical C6. Ficou um mês no hospital, os médicos afirmaram que viveria em estado vegetativo, e mesmo se fizesse a cirurgia seria para ficar na cama. Porém com muita fé, decidiu passar pela cirurgia e ficou tetraplégica. Ficou internada e fazendo fisioterapia, quando saiu já mexia os braços e ia melhorando dia a dia. Hoje Bruna tem o controle do tronco, consegue se movimentar, mexer um pouco as mãos e tem grande possibilidade de poder voltar a andar. Bruna afirma que deve isso tudo a fé que tem em Deus, diz que foi fundamental para superar tudo.

 

Posts Relacionados

Deixar um comentário